Falta de emprego ou de objetivos?

“Não é nada fácil conseguir um emprego atualmente”

“Uma entrevista é algo difícil de conseguir”

Como conseqüência dessas frases quando surge uma oportunidade de entrevista é comum que o candidato fique nervoso. Mas nem tudo disso é verdade. Se olharmos para o mercado de trabalho vamos ver que existem vagas que simplesmente não são preenchidas com o passar do tempo. Como explicar isso?

É muito comum hoje em dia a pessoa fazer uma pilha de currículos e sair colocando em tudo que é lugar que tenha uma vaga disponível com uma boa remuneração. Isto é como diz o ditado: “dar tiro pra tudo que é lado”. Dessa forma realmente fica muito difícil conseguir um emprego.

Para conseguir um emprego precisamos ter em mente algumas coisas:

- o que eu gosto de fazer? É muito importante sabermos aquilo que de fato queremos fazer e que temos aptidão.

- estou preparado? Não basta querer fazer algo, você precisa se preparar para isso. Estudar, estar informado, etc.

- onde quero trabalhar? Por mais incrível que possa parecer em primeira instância quem define onde vamos trabalhar somos nós. Como assim? É você que escolhe onde vai deixar seu currículo. A empresa não bate na sua porta a sua procura. Procure conhecer as empresas da área que deseja trabalhar. Deixe o seu currículo apenas naquela que deseja trabalhar.

- você tem um bom currículo? Seu currículo deve refletir aquilo que você gosta, sabe e quer fazer, mais que isso ele deve deixar claro que você está dentro do perfil da empresa a qual deseja a vaga. Se ele não estiver de acordo com o perfil da empresa você não vai para o próximo passo: a entrevista.

- está nervoso para a entrevista? Pensa bem. Se você está diante de um entrevistador é porque a empresa tem interesse em você, ou seja, ela aprova o que você gosta de fazer e acredita que você até certo ponto está preparado para a vaga. Esta é a hora de você conhecer um pouco mais dos interesses dela e de ela conhecer um pouco mais de você. Logo, é como qualquer negociação, se os interesses de ambos forem satisfeitos o negócio é fechado. O que entra nisso? Vestimentas de acordo e muita sinceridade e objetividade. Não vale a pena você fingir o que não é. Vai ser perda de tempo pra você e para a empresa.

O negócio não foi fechado (a vaga não é sua)? Paciência. De alguma forma você não se enquadrou no perfil da empresa ou talvez não apenas isso. Mas você mesmo durante a entrevista percebeu que não gostaria de trabalhar naquela empresa. Porque não? Afinal se não satisfaz os teus interesses você não tem obrigação de aceitar a vaga e tirar a vaga de alguém que talvez a queira.

2 comentários:

Verônica - Professora de Relações Humanas- IFET-RS disse...

Sairam bem motivados da aula de hj...parabens!!!estou orgulhosa de vcs!!! beijos Verônica Fernandes

Anônimo disse...

motivados? ok. até parece.